MARIO BAKUNA & EDMUNDO CARNEIRO

MARIO BAKUNA & EDMUNDO CARNEIRO
Armazém 8

O álbum “Where Rio de Janeiro meets Bahia”, gravado em Paris-França, em maio de 2018, traz no cerne de sua pesquisa os ritmos afro-brasileiros do Recôncavo baiano e o charme e a subtileza da bossa nova.

Linha que é dividida entre o olhar do poeta e do antropólogo, o disco percorre as paisagens de Dori Caymmi, ao narrar a vida dos pescadores na música o “Mercador de Siri; enaltece a subtileza Jobiniana na canção “Fotografia”, em que o poeta compara a solidão dos astros com a existência de um idílio; destila a poesia absurda de Caetano Veloso em “É preciso perdoar”.

Álbum feito a partir da síntese daquilo que só pode ser vivido pela tez dos grandes mestres, Mario Bakuna e Edmundo Carneiro prometem uma viagem que percorre a fantasia daquele que se permite ser transportado para um lugar onde o real e o imaginário são criações vividas e potencializadas pela poesia e a música.

Mario Bakuna

é compositor, cantor e guitarrista brasileiro sediado em Londres por quase uma década. Musico profissional com mais de 15 de anos de carreira, ele é graduado pela Universidade Livre de Música em São Paulo, Brasil. Estudou com músicos como: Olmir Stocker, Roberto Sion e Roberto Bomilcar (pianista que tocou com Frank Sinatra durante sua visita ao Brasil).

Seu estudo concentra-se na pesquisa de Ritmos Afro-brasileiros, o Samba, o Jazz e a Bossa Nova.

Mudou-se para a Europa para expandir suas pesquisas, e desde que se mudou para Londres, vem se apresentando ao lado de músicos como: Jean Toussaint, Liam Noble, Roberto Manzin, Ricardo dos Santos, Edmundo Carneiro, Cacau Queiroz, Alain Jean Marie, Filó Machado e Andrew McCormack.

Desde que se mudou para Europa, vem tocando em festivais e clubes de prestígio tais como Ronnie Scott’s (UK), Pizza Express (UK), Annabel’s Club (UK) Devonshire Club (UK), Surrey National Golf Club (UK), Charlie Wright’s (UK), Toulouse Lautrec (UK), Rich Mix (UK), Jazzlive at the Crypt (UK), Mau Mau Bar (UK), Jazz Cafe (UK), The House of St Barnabas (UK), Boisdale Jazz Club (UK), Primo Bar (UK), Bermondsey Arts Club (UK), Floripa London (UK), Ealing Jazz Festival (UK) World Jazz Festival Coventry (UK), Bab Ilo (France), Toulx Saint Coeux Jazz Festival (France), Munganga Theatre (Netherlands), Dizzy Jazz Club (Netherlands).

Edmundo Carneiro

desde 1988, ano que se mudou para a França, multiplicou colaborações e parcerias musicais e se apresentou em mais de 66 países ao lado de artistas como Seu Jorge, Tânia Maria, Monica Passos, Chucho Valdes, Johnny Clegg, Robin di Maggio, Betina B, Brad Scott, Ray Lema, M, Axel Bauer, Arthur H e Jacques Higelin. Transitando com grande maestria e naturalidade da música clássica, ao jazz e à música eletrônica, Edmundo imprime seu estilo único ‘électro chic’ na música de grandes nomes da cena internacional, como Saint-Germain, Next Evidence, Charles Schilling, Stéphane Pompougnac, ou ainda Bob Sinclar.

“Mais do que um percussionista, Edmundo Carneiro é um feiticeiro”, Maria de Medeiros.

Carregando mapa ....