E Se Maria Também Fosse Uma Mãe Imperfeita? teatro

E Se Maria Também Fosse Uma Mãe Imperfeita? teatro
Armazém 8

E se Maria também fosse uma mãe imperfeita? – Teatro

Trata-se de uma peça divertida, adequada ao período natalício, destinada ao público adulto de ambos os géneros, mas pensada especialmente para mães.

Com duração aproximada de uma hora, a peça escrita pela blogger Carmen Garcia, conhecida nas redes sociais como “A mãe imperfeita”, promete muitas gargalhadas e momentos musicais divertidos.

 

Sobre a autora:
Carmen Garcia nasceu em Évora no dia mais quente do ano de 1986. Quando era miúda dizia que queria ser professora de ballet e que não queria ter filhos. Depois cresceu, mudou de ideias, licenciou-se em enfermagem e teve dois filhos em dois anos. Criou a página “a mãe imperfeita” por sentir que era preciso falar abertamente sobre o lado menos romântico da maternidade. E entre fraldas, papas e peças de Lego é isso que vai fazendo. Ou pelo menos tentando.
Autora dos livros “ Os 10 mandamentos de uma mãe imperfeita” e “A Mãe Imperfeita Responde”, lança agora o seu primeiro romance “A anos-luz”.
A autora confessa-se «orgulhosa destas 210 páginas que, acredito, cumprem perfeitamente com a missão de nos transportar para outra realidade e nos permitem, também, descansar da nossa por uns momentos. E quem é que não precisa de uns momentos de descanso, não é?
Ao estilo young adult, com um bocadinho de ficção científica e erotismo, conto-vos uma história que, antes de conhecer o papel, viveu muitos meses na minha cabeça.»

(…) o objetivo da “mãe imperfeita” é unicamente mostrar às mães que nunca estão sozinhas e que é a imperfeição que torna a maternidade a viagem mais maravilhosa das suas vidas. Mesmo que as mães perfeitas insistam em dizer o contrário. (…)

 

Carregando mapa ....