ROGÉRIO SOUZA & MARCELO FORTUNA

ROGÉRIO SOUZA & MARCELO FORTUNA
Armazém 8

Rogério Souza

Irmão do mestre do bandolim, Ronaldo do Bandolim, Rogério tem uma trajectória recheada de trabalhos com vários artistas da MPB, como Bade Powell, Sivuca, Paulinho da Viola, Altamiro Carrilho, Paulo Moura, João Bosco, Ivan Lins, Ney Matogrosso, Elizete Cardoso e Nara Leão. Os seus arranjos podem ser ouvidos em vários CD’s de Ivan Lins, Ney Matogrosso, Songbook de Tom Jobim entre outros.

Ainda adolescente, em finais dos anos 60, integrou, ao lado do irmão, o grupo “Os Jovens da Velha Guarda”. Com Ronaldo, gravou também em 2008 o disco “Retrato Brasileiro”, com canções de Baden Powell.

O músico participou de vários festivais e eventos culturais internacionais em casas de jazz pela Europa, EUA, Japão e América Latina. Produziu o CD “Tributo a Ismael Silva” (Niterói discos, 2005), além de discos de Mio Matsuda, Rodrigo Lessa, Agenor de Oliveira, além do Época de Choro, quando o grupo homenageou Carlinhos Leite.

Legítimo representante da linguagem carioca do violão brasileiro, sempre envolvido em grandes eventos ligados à MPB e a Musica Instrumental Brasileira, Rogério Souza entrou em estúdio para gravar em 2008 o CD “Violão Brasileiro”, pelo selo Niterói Discos. No disco, Rogério mostra composições próprias e de outros compositores como Yamandú Costa, Adamo Prince, Jeans Viggo Fjord, Renato Velasco e Marcelo Fortuna.

 

Marcelo Fortuna

Nasceu no Rio de Janeiro. Estudou teoria musical no Instituto Villa-Lobos, Composição e depois Violão  (com Léo Soares e Turíbio Santos) na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Também estudou Orquestração na Escola Brasileira de Música, com Nelson de Macedo, e Harmonia no CIGAM, com Estevão Teixeira e Ian Guest.

Tem ao longo de sua trajetória musical atuado tanto na música popular quanto na música de concerto. Participou de inúmeros concertos e gravações, como solista e acompanhador. Com a Orquestra de Cordas Brasileiras  gravou três discos que ganharam três prêmios Sharp como melhores trabalhos instrumentais dos anos de 1991 e 1992.  Editou seu 1º CD Solo em 2002 e tem obras editadas na Lumiar Editora, Edizioni Carrara, La bottega discantica e AVA Editions.

Concluiu o curso superior de Violão clássico na Escola Superior de Música de Lisboa em Julho de 1999 sob a Direção de Piñero Nagy e António Gonçalves. Em Abril de 2010 concluiu a Pós-graduação (Profissionalizaçao em serviço) em Violão clássico e Educação musical na Universidade Aberta.

É professor de Violão clássico e Música de câmara além de atuar como arranjador e produtor musical.

marcelo

 

Carregando mapa ....